5 coisas que todo operador de caixa precisa saber | Blog DouraSoft

5 coisas que todo operador de caixa precisa saber

operador de caixa

O operador de caixa de uma casa lotérica é um empregado registrado de acordo com a CLT – Consolidação das Leis do Trabalho, e tem todos os direitos e obrigações como qualquer outro trabalhador do comércio.

A principal atividade de um operador de caixa é o atendimento ao cliente, mas, ao mesmo tempo, o operador de caixa deve ter conhecimento de informática, pelo menos segundo grau completo e, principalmente, muita simpatia e paciência para o atendimento.

Existem algumas coisas que o operador de caixa precisa saber e que podem ser detalhadas, como faremos a seguir:

1.     Atenção ao cliente

Claro que este é o ponto mais importante para um operador de caixa. O atendimento ao cliente é o principal serviço oferecido pela casa lotérica e o cliente deve ter toda a atenção quando chega ao guichê para ser atendido. A atenção ao cliente exige que o operador de caixa preste atenção a ele, cliente, e não permaneça trocando ideias ou conversando com os operadores ao seu lado. Essa atitude demonstra falta de respeito para com o cliente.

2.     Atenção ao dinheiro movimentado

A casa lotérica trabalha com dinheiro alheio, isto é, tudo o que entra e sai não pertence à casa lotérica e sim aos bancos, à Caixa Econômica Federal ou às contas dos próprios clientes. O operador de caixa deve manter o máximo de atenção aos valores movimentados, evitando erros no troco, conferindo se existem notas falsas e mantendo o seu caixa com valores corretos.

3.     Seguir os procedimentos da empresa

Cada lotérico, como empresário, pode criar suas próprias normas de conduta e procedimentos e, desta forma, para oferecer o melhor de si, o operador de caixa deve cuidar para que todas as regras sejam cumpridas, mesmo quando se tratar de procedimentos que considera errados. Caso não esteja contente com alguma coisa, o melhor a fazer é conversar com o superior e, na pior das hipóteses, procurar um novo emprego.

4.     Conhecer o sistema com que trabalha

O conhecimento do sistema informatizado é de suma importância para prestar o melhor atendimento aos clientes. O cliente, quando chega ao guichê, espera ser atendido rapidamente, com cortesia e educação e não pode ficar esperando soluções para um comando errado ou para uma falha do sistema que precisa de conhecimentos mais avançados.

5.     Oferecer produtos aos clientes

O cliente sempre vai a uma casa lotérica com determinado objetivo. Ou para comprar um bilhete da federal, uma tele-sena ou qualquer outro produto; para pagar contas ou fazer depósitos e saques; para jogar na loteria da caixa. E, sempre que vai à lotérica, pode estar pensando em fazer uma “fezinha” oferecida pelo operador de caixa. Portanto, o operador de caixa é quem se torna responsável pela oferta de produtos que estejam disponíveis, como um bolão da mega-sena acumulada ou uma aposta diferenciada.

Conclusão

O operador de caixa é, para a casa lotérica, a pessoa de maior importância, oferecendo o contato direto entre a empresa e o cliente. Para ser um operador de caixa eficiente além de todas as considerações já feitas, é necessário que o operador tenha a consciência de sua importância estratégica para a organização onde trabalha.

Com seu trabalho, o operador de caixa torna-se um elo vital entre a necessidade do cliente e a sua satisfação, o que o torna uma figura emblemática, que deve ter os maiores cuidados no atendimento, sempre agindo com simpatia e cordialidade e oferecendo o melhor de si para a casa lotérica em que trabalha e para o cliente que estiver atendendo, independente de sua raça, cor, idade ou posição social.

 

 

Neimar Mariano de Arruda é Administrador de Empresas, Consultor Lotérico
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação e Fundador da DouraSoft
(67) 9.9698-3422

 

Os comentários estão encerrados.