Controle efetivo do estoque para multiplicar vendas

controle efetivo do estoque

controle efetivo de estoque na lotérica

Como qualquer tipo de estabelecimento onde haja um estoque, a casa lotérica também precisa manter um controle efetivo do estoque para atender a clientela. Na casa lotérica, porém, ao contrário de outros estabelecimentos, grande parte dos produtos à venda possuem um prazo limitado, como os bilhetes de loteria federal e alguns produtos com datas de premiação.

Assim, o lotérico precisa cuidar de forma criteriosa do seu estoque, mantendo o controle para conseguir aumentar suas vendas e oferecendo os produtos mais rentáveis, adquirindo-os dentro dos limites previstos para venda.

O controle efetivo do estoque torna-se necessário para que a empresa tenha produtos a oferecer. Se não mantiver o controle dos produtos à venda, a lotérica estará deixando de ganhar dinheiro.

Ao contrário, quando mantém um controle efetivo do estoque, o lotérico consegue oferecer produtos que realmente atraiam os clientes, tornando-se mais firme no mercado, atendendo a clientela de forma mais eficaz e garantindo a presença dos produtos mais solicitados.

Embora a maior parte das casas lotéricas esteja limitada à venda dos bilhetes da federal e às tele-senas, existe uma variedade de produtos que podem ser comercializados pelas casas lotéricas e, para que os clientes tenham à sua disposição maior disponibilidade, é necessário algumas providências para garantir maior lucratividade à empresa:

1.     O Controle efetivo do estoque passa pela necessidade de um sistema

Existem sistemas de identificação de produtos que podem ser utilizados para cada item do estoque. Caso o lotérico queira desenvolver o seu próprio sistema, deve manter um padrão para fazer a identificação do produto. É possível obter um controle efetivo do estoque utilizando o sistema AGIL, desenvolvido pela Dourasoft. Desta forma, sempre que houver uma venda daquele determinado produto, automaticamente ele terá sua baixa no estoque. O processo é praticamente igual àquele usado pelas empresas que se utilizam de código de barras, mas, neste caso, a identificação é aplicada aos itens disponíveis na lotérica.

2.     Crie categorias dos itens do estoque pelas suas características

Em cada item do seu estoque crie as categorias de produtos disponíveis. Por exemplo, se houver bilhetes de loteria federal para dias diferenciados, é preciso ter uma categoria para cada dia. Desta forma o lotérico terá maior facilidade em determinar, à primeira vista, do que se trata cada código e cada item.

Nesta etapa de controle é feito o domínio do estoque, como que fosse uma biblioteca organizada, expondo os produtos para o público através do seu gênero. As características de cada item podem até determinar sua localização nos locais de exposição dos bilhetes, facilitando a visualização pelos clientes.

3.     Encontre a média de vendas de cada item do estoque

Um passo importante para o lotérico é conhecer a venda média de cada item do seu estoque para não ter nem mais e nem menos do que a procura. Se considera que as tele-senas são mais vendidas que uma raspadinha, é mais vantagem ter maior quantidade de tele-senas.

Desta forma, é possível ao lotérico manter controle efetivo do estoque, tirando vantagem sobre as vendas, desde que tenha esse conhecimento em mãos.

4.     Diariamente, mantenha o controle do estoque

O inventário do estoque deve ser feito diariamente, já que muitos produtos tem sua validade encerrada todos os dias. Ao fazer o inventário, o lotérico consegue melhor controle do estoque, tornando mais prático e eficiente o manuseio dos produtos e sabendo o que deve ser resposto e o que não tem necessidade.

5.     Tenha um sistema de gestão automatizado

Tudo se torna mais fácil para o lotérico quando ele possui um sistema (software) para gerenciar não só sua lotérica, como também obter um controle efetivo do estoque. O sistema AGIL, desenvolvido pela DouraSoft é o sistema ideal para efetivo controle do estoque, oferecendo ferramentas que possibilitam ao lotérico cumprir todas as etapas discriminadas neste artigo e garantindo que sua empresa poderá vender mais dos produtos mais solicitados.

 

 

 

Neimar Mariano de Arruda é Administrador de Empresas, Consultor Lotérico
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação e Fundador da DouraSoft
(67) 9.9698-3422

 

Os comentários estão encerrados.