Dep Bacelar defende Urgência na Legalização de Jogos - DouraSoft do Brasil

Dep Bacelar defende Urgência na Legalização de Jogos

“Precisamos com urgência decidir essa questão e legalizar os jogos no Brasil” O Deputado Bacelar (PODEMOS –BA) defendeu a legalização dos jogos no Brasil em um discurso no plenário da Câmara na sessão desta terça (28).
Durante sua fala, ele rebateu as críticas quanto a ludopatia, defendeu a importância dos jogos para a arrecadação de impostos e cobrou do presidente da casa, Rodrigo Maia, a inserção do PL 442/91 na pauta.
O deputado federal Bacelar (Podemos-BA) ocupou a tribuna da Câmara, nesta terça-feira (28), para questionar a demora na apreciação do projeto que trata da legalização dos jogos de azar. Bacelar solicitou ao presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), que inclua a matéria na pauta de votação imediatamente.
O líder do Podemos na Bahia voltou a defender a liberação dos jogos como uma forma de injetar recursos na economia do país, especialmente nas áreas da saúde, educação e previdência social. “Perdemos mais de R$ 20 bilhões por ano sem a legalização. São quase R$ 3 bilhões perdidos apenas em jogos on line.
É hipocrisia afirmar que, com a ilegalidade, os brasileiros deixarão de apostar.
Temos os caça-níqueis, o jogo do bicho e novas modalidades de apostas, em cada esquina. Não dá para fechar os olhos. Penso em alternativas para investirmos em setores essenciais do país”. O projeto 442/91 já está pronto para ser apreciado em plenário. “O setor aguarda pela aprovação da proposta há 25 anos. Estamos duas décadas e meia atrasados, perdendo divisas para cassinos internacionais”, cobrou Bacelar.
Confira do discurso do Deputado Bacelar durante a sessão no plenário da câmara dos deputados: “A pouco o ilustre colega ocupante da tribuna, quis se posicionar contrariamente a legalização dos jogos de azar no Brasil. Volto a chamar a atenção em que nenhuma sociedade há a opção jogo e não jogo; a única opção que temos é jogo legal ou jogo ilegal. E o Brasil precisa legalizar os jogos. São milhões de brasileiros que diariamente fazem suas apostas no jogo do bicho, nas loterias, oficiais e na internet.
Por falar em internet, é bom lembrar que nós temos hoje no Brasil mais de 400 sites internacionais fazendo apostas.
Apostas que geram prêmios anuais de cerca de R$ 9 bilhões. Se aplicarmos ai a taxação média da área de jogos do mundo isso resultaria anualmente uma receita no Brasil, só de apostas da internet, de cerca de 2 bilhões e 700 mil reais que poderiam ser investidos na previdência, na segurança pública, na educação e na saúde num país onde os serviços públicos beiram a situação de miserabilidade. O nobre deputado falou aqui do problema da ludopatia. Sim, é um risco. Mas, a ludopatia segundo estudos científicos fica em torno de 1% do número de jogadores.
O alcoolismo tem um taxa muito maior, variando entre 3 a 5%, e eu não vejo aqui; sr. Presidente, nenhum deputado defender que se feche bares, que se feche restaurantes, que se feche destilarias, que se feche alambiques, cervejarias e etc. Nós precisamos decidir urgentemente sobre o assunto. O Deputado Rodrigo Maia precisa pautar este assunto que está sendo debatido nesta casa há dezenas de anos, cuja a Comissão Especial já fez o seu relatório.  Fica aqui um apelo ao presidente Rodrigo Maia e a todos os senhores e senhoras deputados: precisamos com urgência decidir essa questão e legalizar os jogos de azar no Brasil”.

Fonte: GMB

Deixe uma resposta