Nova Diretoria da Caixa e o posicionamento atual dos lotéricos

Nova Diretoria da Caixa

Na última sexta-feira, dia 13 de maio de 2016, a Folha de São Paulo publicou notícia informando que Miriam Belchior, atual presidente da Caixa, não havia recebido Gilberto Occhi, futuro presidente da instituição, para tratar da transição na presidência do banco.

A matéria lembrava que o PT havia orientado todos os filiados do partido a deixarem os seus cargos de confiança no novo governo, sem previsão de transição.

Embora Miriam Belchior ainda ocupe o posto de presidente, já é sabido que Gilberto Occhi está trabalhando nos bastidores, realizando reuniões informais com outros vice-presidentes e colaboradores, de forma a obter um melhor entendimento sobre os problemas do banco e desafios a serem superados. Ainda não se sabe qual será a sua posição quanto aos temas de maior relevância para os lotéricos.

Encolhimento de 46% no lucro trimestral

Nesse sentido, é importante lembrar que o balanço divulgado na segunda-feira passada, dia 9, revelou um encolhimento de 46% no lucro trimestral da empresa pública, ficando em apenas 838 milhões de reais neste primeiro trimestre.

O principal motivo da queda acentuada teria sido o aumento da inadimplência, a perda do fôlego das operações de crédito e a recuperação judicial da Sete Brasil, empresa fornecedora de sondas para exploração de petróleo no pré-sal. No mesmo período, houve ainda a demissão de quase 3 mil funcionários, passando de 100,3 mil colaboradores para 97 mil.

A Caixa também haveria informado que Miriam não havia sido procurada por Occhi até o momento, assim como não houve nenhuma recusa em atendê-lo para tratar da transição.

Em seu currículo recente, Gilberto Occhi foi ministro das Cidades de março de 2014 a janeiro de 2015, tendo sido indicado pelo Partido Progressista para assumir o principal banco habitacional do país.

Lotéricos de todo o Brasil aguardam ansiosamente por novidades sobre a nova gestão, já que não se sabe como será o relacionamento da categoria com a nova presidência. É preciso esperar os novos desdobramentos para saber o que fazer e como a categoria irá se comportar.

Entrevistada pela DouraSoft, Dos Anjos Resende, Presidente do Sindicato dos Lotéricos do Estado do Piauí e proprietária da lotérica Anjo da Sorte, situada em Teresina, no mesmo Estado, informou que a FEBRALOT está trabalhando para fazer o agendamento junto à nova diretoria da Caixa, de modo a ter uma melhor noção sobre as novas diretrizes da instituição. A FEBRALOT está atuando de maneira sensata e cautelosa, pois conhece as necessidades dos lotéricos e ao mesmo tempo atuar de forma conjunta e próxima da nova diretoria da Caixa.

Segundo Dos Anjos, é preciso adotar uma posição de cautela diante das muitas mudanças ocorridas em um curto espaço de tempo. Somente depois de conhecer o novo cenário poderemos definir melhor que estratégias seguir e que medidas tomar.

Fonte: Folha de São Paulo

 

Deixe uma resposta