O celular atrapalha na lotérica? - DouraSoft do Brasil

O celular atrapalha na lotérica?

celular atrapalha na lotérica

Você usa o celular no trabalho? Você permite que os funcionários da sua lotérica utilizem seus respectivos aparelhos celulares no horário de trabalho? Como você lida com isso? Até que ponto o uso do celular atrapalha na lotérica e prejudica a produtividade do seu pessoal? Como isso é visto pelos clientes da sua lotérica?

Estas perguntas estão na moda e tiram qualquer empresário da zona de conforto, obrigando-os a tomar uma decisão sobre o assunto, por mais enérgica ou liberal que ela seja.

Como característica de nossos tempos, estamos sempre conectados, através de nossos aparelhos, que nos acompanham por todos os lugares ao longo dos dias, semanas, meses e anos. É como se as pessoas já tivessem nascido com os celulares. Para alguns, é como se eles fossem um novo membro do corpo humano.

Mas até que ponto o uso do celular atrapalha na lotérica e se torna uma desvantagem? De que modo ele é prejudicial no trabalho? Existem maneiras de usa-los a favor da sua lotérica?

Como o celular atrapalha na lotérica

As desvantagens do uso do celular no ambiente de trabalho são mundialmente conhecidas e já foram alvo de estudos científicos profundos a respeito do tema. Dentre as desvantagens comumente citadas, encontramos as seguintes:

  • Perda de foco e de atenção para a execução de tarefas;
  • Perda de produtividade e eficiência;
  • Atendimento descompromissado;
  • Pouco interesse pelo cliente;
  • Falta de respeito com o cliente.

Em uma pesquisa recente publicada pela CareerBuilder, o celular ocupou a primeira posição no ranking das coisas que mais atrapalham a produtividade no trabalho. Segundo a pesquisa, 55% dos empresários concordam que os smatphones é um vilão algoz da produtividade.

A pesquisa também revelou que 83% dos trabalhadores têm smartphone e o leva para o trabalho, sendo que 82% dessas pessoas ficam atentas às mensagens e mexem no aparelho ao longo de todo o período laboral, várias vezes por dia

Segundo Rosemary Haefner, diretora de recursos humanos do CareerBuilder:

“Nós precisamos ficar conectados para trabalhar, mas também estamos a um clique de distrações sedutoras da nossa vida pessoal, como mídias sociais e outros aplicativos. A conectividade não é necessariamente ruim, mas ela precisa ser gerenciada. Ter um diálogo aberto com os empregados sobre distrações tecnológicas, reconhecer sua existência e discutir desafios são algumas soluções para manter a produtividade”.

E é justamente a conclusão de Haefner que nos faz pensar “fora da caixinha”…

Pensando “fora da caixinha”: quando o celular pode ser extremamente útil em uma lotérica?

A maioria das vezes, o celular atrapalha na lotérica. Mas, buscando encontrar motivos que justifiquem o uso do celular no ambiente de trabalho de uma lotérica, encontramos duas razões básicas:

  • Por questão de segurança – pois os celulares podem servir para comunicar assaltos nas lotéricas e até servir como aparelhos de rastreamento, em caso de roubo dos mesmos.
  • Para fazer contato com clientes e chama-los para as compras – uma vez que todo mundo usa as redes sociais, como o Facebook, e aplicativos de mensagens instantâneas, como o Whatsapp, estimular os colaboradores a compartilhar conteúdo interessante sobre a lotérica pode ser um excelente caminho para atrair mais clientes.

O equilíbrio…

Como em tudo na vida, o segredo está no equilíbrio! É preciso analisar caso a caso e evitar os extremos, como no caso de uma funcionária que deseja manter o celular do seu lado porque o seu filho estava internado no hospital. Como negar o uso do celular em casos assim?

Procure ser justo e peça a colaboração e a cooperação dos funcionários no ambiente de trabalho. Alerte quando o comportamento parecer inadequado e estiver prejudicando a produtividade e o atendimento.

Hora de trabalhar é hora de trabalhar, mas isso não significa que possam haver pequenas janelas previamente programadas para que os funcionários possam falar com familiares e resolver problemas pessoais. O celular atrapalha na lotérica, quando utilizado de forma irresponsável e inadequada, é tudo uma questão de equilíbrio!

 

 

Neimar Mariano de Arruda é Administrador de Empresas, Consultor Lotérico
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação e Fundador da DouraSoft
(67) 9.9698-3422

 

Os comentários estão encerrados.