Fique de olho: tipos de golpes nas lotéricas - DouraSoft do Brasil

Fique de olho: tipos de golpes nas lotéricas

golpes nas lotéricas

A cada dia que passa o número de golpes nas lotéricas aumenta, é importante que você esteja ciente de quais são os mais comuns para tomar medidas preventivas. A lotérica é utilizada tanto para aquisição de loterias e produtos próprios deste estabelecimento, como para o pagamento de boletos e outros serviços bancários, por isso, movimenta muito dinheiro todos os dias, sendo assim muito visada por malfeitores.

Neste artigo iremos citar os 7 golpes mais comuns para que você fique ciente deles e tome mais cuidado!

7 golpes nas lotéricas mais comuns

  1. Assalto presencial

Um dos golpes nas lotéricas mais comuns são os assaltos, nesse caso o ladrão pode entrar na loja como uma pessoa normal, para não levantar suspeita e na hora certa surpreender a todos anunciando o assalto.

  1. Furto de malote

Quando você for levar malote com dinheiro na caixa econômica Federal, tenha cuidado! Há diversos casos em que o delinquente fica à espreita e furta o malote assim que o dono da lotérica sai com ele.

  1. Golpe nas lotéricas por telefone

Este golpe vem sendo cada dia mais frequente, é importante estar sempre atualizando suas contas bancárias para não ser surpreendido. Nesse caso, uma pessoa mal-intencionada liga para a casa lotérica e se passa por um representante da Caixa Econômica Federal. No final, o golpista sempre pede um deposito bancário em alguma conta, e se você não estiver ciente de como anda sua situação bancária, acaba perdendo dinheiro.

  1. Funcionário mal-intencionado

Funcionários levando dinheiro de lotérica é o mais difícil de acontecer, mas esse tipo de golpe também deve ser citado. O furto pode ser feito no cofre da casa lotérica ou com golpes nos clientes deste estabelecimento, salvando seus dados e pessoais e depois visitando-os para tirar dinheiro. Em setembro de 2016 aconteceu em Belo Horizonte – MG, um golpe deste tipo, uma funcionária salvava os dados pessoais de idosos para posteriormente visita-los dizendo que precisava de dinheiro, fazia isso constantemente (leita esta matéria clicando aqui).

Antes de contratar um funcionário pesquise bem sobre a vida dele, se for preciso use até as redes sociais para verificar a índole do mesmo. E fique sempre atento, qualquer sinal de perigo converse com o funcionário ou com amigos dele para entender o que está acontecendo.

  1. Surpreender os funcionários ao fechar a loja

O fechamento da loja é um horário complicado e muito propício para golpes nas lotéricas. Muitos malfeitores podem ficar na espreita esperando que alguém feche a loja e logo em seguida anunciar um assalto antes que a loja seja de fato fechada. Para evitar isso, é importante que no fechamento da loja esteja presente mais de um funcionário, enquanto um fecha os outros observam o movimento ao redor.

  1. Surpreender os funcionários ao entrar na loja

Tanto na entrada como no fechamento da casa lotérica pode haver golpes por malfeitores que ficam à espreita esperando o funcionário se dirigir a porta da loja. Nesse caso, é importante que antes de abrir a casa lotérica o funcionário dê uma volta nos arredores, preste atenção no movimento e só depois abra. Também é importante que ele não faça essa atividade sozinho.

  1. Golpista se passando por funcionário da lotérica

Outro tipo de golpe envolve pessoas que nem trabalham na casa lotérica se passando por funcionários. O movimento na lotérica é sempre muito grande, e nesse momento os golpistas podem se aproveitar dizendo que vão depositar o dinheiro de um cliente e roubá-los. Mesmo sem se passar por funcionários da caixa, o golpista pode aproveitar o grande número de pessoas que há ali e furtar carteiras e dinheiro da mão dos clientes. É preciso que estar atento a todos os golpes nas lotéricas mais comuns.

 

 

 

Neimar Mariano de Arruda é Administrador de Empresas, Consultor Lotérico
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação e Fundador da DouraSoft
(67) 9.9698-3422

 

Os comentários estão encerrados.