Juntos somos mais fortes - DouraSoft do Brasil

Juntos somos mais fortes

Juntos somos mais fortes

Um dia que transformou nossas vidas, lotéricos de varias partes do país, se deslocando a Brasília para lutar pelo seu negocio, com camisetas, faixas, uma mobilização nunca vista na nossa categoria, forca e energia que estavam adormecidas e principalmente esquecidas.

Invadimos os corredores da Câmara e do Senado e aprovamos em tempo recorde nas duas casas e como por um “milagre”, conseguimos uma sanção presidencial negando uma pedido de veto da caixa, e como conseguimos isso, de quem foi essa vitória?

A resposta esta na ponta da língua de todos, foi a união, isso mesmo, ninguém conseguiria sozinho, a participação dos sindicatos foi intensa, mas tivemos também um movimento independente, lotéricos que se uniram por aplicativos de celular, email, ligações interurbanas, e que se revezavam a irem a Brasília, e foram fundamentais, essenciais na aprovação e principalmente na sanção presidencial na nossa lei, diferente de 2013 quando os sindicatos lutaram sozinhos por anos para conseguir aprovar lei semelhante, mas que sofreu o veto da presidenta no seu desfecho e não pode nos defender das licitações indevidas.

Essa chama não se apagou, o lotérico agora sofre com o sucateamento desse modelo de negocio que são as loterias do Brasil, vimos no blog do lotérico do colega Luis Mendes a tabela que demonstra a queda nos jogos, ocasionado também pela maneira imprudente e descuidada que a caixa esta gerindo estes produtos, nas questões das tarifas, somos deficitários para garantir o lucro da caixa e de seus grandes clientes que são a maioria dos convênios que recebemos, e o que fazer nessa situação, como quebrar esses paradigmas, como inverter esta espiral descendente que estamos?

Aprendemos duas coisas muito importantes na nossa luta pelas renovações, a primeira é que não existe solução mágica, existe trabalho, participação, suor, sangue e lagrimas e a segunda é a mais importante, não existe salvador da pátria, éramos carentes e acomodados, e nada acontecia, quando nos tornamos os protagonistas do nosso destino é que fizemos a diferença , aprendemos que a união e a mobilização são os mais eficazes instrumentos para conseguirmos transformar, mover a situação a nosso favor, conquistarmos vitorias que antes eram “impossíveis”.

Observamos agora que nossos representantes sindicais, uns mais outros menos, mal-acostumados por nós mesmos, que nunca os apoiamos em nada, estão tendo dificuldade de canalizar essa energia, de agregar os lotéricos, de lidar com tanta participação que antes não havia, ficaram muito tempo sozinhos a ponto de muitos serem mais sindicalistas que lotéricos, e essa deficiência, essa falta de capacidade de conseguir agregar, criou uma estrutura que com baixíssima adesão, e me desculpem os que prezo, um feudo onde não há renovação, nem chamamento a participação, estatutos misteriosos, cobranças de taxas, e que o é pior, não conseguem em nenhum momento definir nada com a caixa, fazer acontecer, e seguimos na ultima década o tempo da caixa, que pauta os assuntos como quer, na hora que quer, do jeito e aonde achar mais conveniente, resultando entre outras coisas essa tarifa vergonhosa e imoral que recebemos.

Nesse contexto, de forma natural, estão surgindo as associações brotando do cerne dos lotéricos, embriões de novas entidades que vieram para somar, onde ideias, conceitos e ações estão sendo discutidas exaustivamente, que estão convocando reuniões, legalizando suas normas, debatendo caminhos e soluções, mobilizando o lotérico novamente para movimentos, cobrando sindicatos, mas oferecendo apoio e abertos as dialogo , formando uma nova frente de trabalho em prol da causa lotérica, com independência, mas sempre pronta a se unir com os sindicatos nas batalhas que são comuns a todos nós, respeitando a representatividade legal e jurídica da entidade, mas cobrando o respeito a situação fática do associativismo também legalmente constituído.

O associativismo abre um leque de possibilidades e benefícios que vão de negociação nacional de caixa de grampo a nos cooperarmos em um banco, de mais uma frente no congresso nacional como já vimos , a dar suporte ao trabalho dos sindicatos, a somar nas mobilizações, e em cada estado que está nascendo, vemos a alegria e disposição de lotéricos de verdade querendo trabalhar e transformar nossa realidade.

Colegas lotéricos, vamos entender a importância desse momento, o apoio as associações é o apoio a participação, é o apoio ao fortalecimento da categoria, é apoio a união de todas as correntes de pensamento lotérico, que organizadas conseguem com eficiência se mobilizar em movimentos comuns a todos, se divide pelas diferenças é verdade, mas também se une pelas semelhanças, que no nosso caso são muitas, e só unidos conseguiremos avançar e progredir, vamos dar as boas vindas, e abrir nossos corações e mentes em um nível elevado onde conseguiremos muitas conquistas que hoje parecem tão distantes.

 

Pedro Jatobá – Las Vegas Loterias Ltda

Deixe uma resposta