Petição Pública dos Lotéricos

petição pública

No início deste mês, o lotérico Edson Ferreira, de São Paulo, abriu uma petição pública digital no Portal Petição Pública (www.peticaopublica.com.br ) com a finalidade de solicitar uma Audiência Pública entre a Caixa Econômica Federal e os permissionários lotéricos.

Dentre os itens a serem discutidos com a Caixa, a petição propõe especial atenção à remuneração recebida pela prestação dos serviços bancários, já que, segundo o documento, o setor lotérico passa por uma crise financeira que pode levar ao fechamento de muitas unidades lotéricas em um curto espaço de tempo. Nesse sentido, a petição digital arremata:

Devido à falta de uma política de remuneração e reajustes baseadas em critérios técnicos adequados tem gerado nos últimos anos um forte desequilíbrio econômico financeiro no setor e está inviabilizando a continuidade da atividade lotérica. As consequências do fechamento de unidade lotérica recaem sobre a população brasileira que deixa de ser atendida em suas necessidades de serviços bancários, lembramos ainda que o setor bancário a muito tempo já excluiu do seu atendimento tradicional os clientes menos favorecidos financeiramente.

Até o presente momento, a petição conta com mais de 4.000 assinaturas e o número tem crescido bastante dia após dia, demonstrando o forte engajamento de muitos lotéricos e cidadãos brasileiros com esta causa que tem efeito para todos. A petição pode ser acessada, clicando aqui.

No último dia 11, o Blog do Lotérico publicou uma nota comentando os avanços desta iniciativa e comemorando as 3.000 assinaturas recebidas pelo abaixo—assinado. De acordo com a nota dirigida aos Lotéricos:

Em apenas 4 dias de trabalho árduo e persistente de empresários lotéricos(as), conseguimos mais de 3.000 assinaturas nesta Petição para Audiência Pública. O trabalho executado é muito bom, mas somos 13.000 casas lotéricas com pelo menos 01 sócio cada uma. Precisamos fazer muito mais se quisermos mostrar a nossa força e vontade para solucionar os nossos problemas definitivamente.

A hora não é para acomodação e nem deixar este assunto para amanhã, pois o futuro que nos espera com a atual política de remuneração da Caixa Econômica Federal, será de falência de nossas empresas e sérios problemas gerados para a sociedade desbancarizada que atendemos.

O texto também destaca que a petição pode ser assinada por qualquer cidadão brasileiro que simpatize com a causa e pede o apoio e o empenho dos lotéricos.

Há poucos dias, o Presidente do Sindicado dos Lotéricos da Bahia (Sinloba), Ronaldo Domingos Matteoni, também publicou uma nota. Nela, ele revela compreender os anseios da categoria por atitudes mais duras por parte dos Presidentes dos Sindicatos (Febralot). Nas palavras do presidente, não dá mais para esperar, embora seja importante ressaltar que acabamos de passar por um período de recesso parlamentar de festas por todo o Brasil.

Matteoni reforça que os lotéricos podem e devem cobrar, só devem cuidar para não ser injustos ou mesmo para não desagregar, o que não seria nada interessante para a categoria e representaria perda de força e foco. Ele lembra que recentemente houve uma reunião com vários Presidentes, restando estabelecido que após o carnaval uma nova peregrinação no Congresso Nacional seria organizada para que, junto aos Deputados e Senadores, os lotéricos encontrassem uma saída para o estado deplorável em que os permissionários estão.

Por fim, o Presidente do Sinloba lembra que existe uma reunião marcada para o dia 16/02/16, às 09h, com o Senador Paulo Rocha, que é considerada de suma importância para o desenvolvimento de um plano inteligente que visa restabelecer o equilíbrio econômico-financeiro dos Lotéricos de todo o Brasil.

A equipe da Dourasoft continua seguindo de perto os acontecimentos e não poupará esforços para divulgar todas as informações relevantes, avanços e iniciativas que venham a impactar nas lotéricas. Estamos atentos! Em breve divulgaremos mais notícias.

 

 

Neimar Mariano de Arruda é Lotérico e Fundador da DouraSoft,
Administrador de Empresas, Consultor em Gestão Empresarial e
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação
(67) 9.9698-3422

Deixe uma resposta