Lotéricos comemoram o reajuste do valor das apostas

reajuste loterias

O Ministério da Fazenda aprovou reajuste de 38,91% no valor das apostas das lotéricas. Embora esta não tenha sido a reivindicação principal feita pelos lotéricos, os empreendedores comemoram esse reajuste.

Na quarta-feira (29/04/2015), a SEAE – Ministério da Fazenda, informou que a partir deste mês o preço das apostas de Lotofácil, Dupla Sena, Mega Sena, Lotogol e Lotecal já terão a inclusão do reajuste em seus preços.

A liberação do reajuste será feita de forma fracionada. Assim sendo, a partir do dia 23/05 haverá mudanças no valor da Lotofácil e nas apostas da Dupla Sena. A Quina e a Mega Sena sofrerão reajuste a partir do dia 24/05.

 

Fazer “fezinha” ajudará o governo a cumprir as metas de superávit primário este ano

O brasileiro sonhador que costuma fazer “fezinhas” em apostos de loterias ajudará o governo a cumprir as metas estipuladas para esse ano. De acordo com as estimativas realizadas pelo Ministério da Fazenda, com o aumento médio das loterias, o governo federal conseguirá ter uma arrecadação de R$935,08 milhões.

Ao contrário do que se imaginava, o ajuste não influenciará negativamente nos cálculos da inflação. O SEAE/MF havia criado alguns mitos referentes a isso, fato que perturbava os lotéricos. Não obstante, agora é possível ver a comemoração dos donos de casas lotéricas por constatar que o mito era infundado.

Comprar um número de Mega Sena antes custava R$2,50, com o reajuste esse valor passa a ser de R$ 3,50. Se o cidadão resolver comprar mais de um número, esse valor subirá. A aposta máxima referente a 15 marcações em uma cartela ficará no valor de R$24,50, sendo que antes o valor pago era de 17,50 para a mesma cartela.

 

Jogos de azar e loterias –  as distrações mais rentáveis do Brasil

Apesar das loterias ficarem mais caras, espera-se que isso não influencie negativamente no número de apostas realizadas pelos sonhadores brasileiros. Os altos valores dos prêmios das loterias chamam a atenção dos brasileiros. Por exemplo, a Mega Sena sempre tem prêmios com estimativa de R$ 2.500.000,00 em média. Quando não há ganhadores, o prêmio acumula, o que faz os olhos dos brasileiros brilharem ainda mais.

Se, para os brasileiros, as loterias parecessem vantajosas, para os lotéricos e para o governo federal a situação não é diferente. Os reajustes feitos esse ano para as apostas de loterias poderão render R$1 bilhão para o Governo Federal. Isso causa reflexão, visto que se todos os jogos de azar fossem legalizados, a lucratividade poderia chegar à até R$15 bilhões em um ano.

Se todos os jogos de azar forem legalizados, como esperam os lotéricos, a rentabilidade pode ser muito grande. Para se ter uma noção disso, podemos tomar como ponto de comparação os cassinos e bingos – que não são legalizados no Brasil – a rentabilidade desses estabelecimentos em apostas chega a R$ 45 bilhões por ano. Se todas as modalidades requeridas pelos lotéricos forem aprovadas, a rentabilidade com jogos de azar será ainda maior!

O reajuste das apostas de loterias acedeu a esperança nos lotéricos da aprovação de outras exigências. Agora é cruzar os dedos e esperar que novas aprovações sejam divulgadas. Por enquanto, o reajuste de 38,91% no preço das apostas de loteria já está sendo comemorado e apresenta vantagens para os lotéricos de todo o Brasil.

 

 

 

Neimar Mariano de Arruda é Lotérico e Fundador da DouraSoft,
Administrador de Empresas, Consultor em Gestão Empresarial e
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação
(67) 9.9698-3422

Deixe uma resposta