Skip to main content

Sua lotérica é formada por uma empresa familiar? As empresas familiares são aquelas em que há membros da família trabalhando juntos. Não é necessário que todos os funcionários façam parte da família, nem mesmo todos os membros da gestão. 

Ter uma empresa familiar pode ter muitos benefícios, mas há também muitas complicações. Intimidade em excesso e falta de comprometimento podem ser fatores que prejudicarão bastante o negócio. Afinal, é possível conciliar família com trabalho? A seguir, elencamos tópicas que esclarecem.

Pontos fortes de uma empresa familiar

Ao contrário do que muitos pensam, há muitos pontos fortes em uma sociedade familiar. Como toda a gestão da empresa está centralizada, é muito mais fácil ter reações rápidas quando necessário. Além disso, financiamentos e investimentos podem ser conseguidos através de poupança familiar, minimizando gastos com juros. 

Uma empresa familiar tende a ter mais relações com a comunidade, trazendo mais credibilidade aos clientes. Dentro da empresa, haverá mais confiança nas relações profissionais, e todos poderão contribuir para um desenvolvimento em conjunto. 

Pontos fracos da empresa familiar 

No entanto, há também alguns pontos fracos nessa constituição corporativa. Um ambiente familiar propicia a dificuldade em separar emocional de profissional, fazendo com que haja tendência em misturar interesses pessoais. Empresas familiares também apresentam forte resistência à mudanças, muitas vezes por seguirem tradições há muitos anos.

Os laços afetivos dentro da empresa serão extremamente fortes. Isso parece algo bom, mas pode ser muito ruim na hora de tomar decisões importantes. 

Como conciliar empresa familiar

Você sabia que a maioria das empresas hoje no Brasil são formadas por uma sociedade familiar? Pesquisas mostram que esse tipo de negócio apresenta dificuldades de crescimento. Mas essa não é a realidade de todas as sociedades de famílias. É possível sim conciliar família e negócios. Acompanhe a seguir algumas dicas que separamos para que você consiga administrar bem sua lotérica. 

1) Não contrate apenas por ser da família

O que vemos em sociedades familiares que não dão certo é que muitas vezes o familiar é contratado apenas por ser da família. É muito importante que essa pessoa realmente se mostre capacitada para desempenhar o cargo, para que os negócios fluam bem. 

2) Separe o relacionamento familiar do profissional 

Não permita que problemas familiares se infiltrem nas questões profissionais. Para fazer dar certo, é imprescindível que vocês saibam separar muito bem o relacionamento profissional do familiar. Resolver brigas pessoais no ambiente de trabalho irá trazer uma visão negativa para seus clientes e funcionários. 

3) Não misture as contas pessoais com as da empresa

Assim como nos relacionamentos, a questão financeira também não deve ser misturada. Tenha contas bancárias separadas para sua empresa. Dessa maneira será mais fácil de conciliar e realizar a gestão. 

4) Pense a longo prazo 

Saiba onde você quer chegar e determine prazos para alcançar seus objetivos. Dessa forma vocês poderão formular estratégias para resolver problemas atuais e conseguirão visualizar a situação da empresa no futuro. 

5) Sucessão de poder

Dentro de uma empresa familiar é fundamental que haja o planejamento da futura gestão. O processo de sucessão deve ser documentando bem antes de acontecer, sendo que todos os sócios devem estar cientes e em acordo. Isso fará com que muitos conflitos sejam evitados. Além disso, também será possível já ir treinando esse futuro sucessor para que ele esteja bem alinhado com as ideias da empresa e da família. 

Leave a Reply