Skip to main content

Contratar novos profissionais é uma tarefa que pode ser exaustiva e requerer muita atenção. Ter no time um funcionário que realmente vista a camisa da empresa e que pense de acordo com a filosofia institucional é um desafio. 

Muitas empresas procuram por pessoas qualificadas e com os melhores currículos, mas poucas procuram identificar o melhor de cada indivíduo. Isso acontece porque leva tempo e esforço estimular os funcionários a extrair o melhor do seu potencial. No entanto, isso proporcionará a você ter profissionais diferenciados e bem moldados mediante as necessidades da sua empresa. 

Apesar disso, é preciso saber escolher bem. Uma má escolha pode acarretar na má avaliação do seu funcionário e numa possível demissão. Para evitar isso, é fundamental adotar alguns critérios na hora de contratar. 

Você sabe a importância da referência profissional para a contratação? Acompanhe a seguir o conteúdo que montamos sobre esse assunto. 

O que são referências profissionais?

Cerca de 70% das empresas utilizam o método de obter referências profissionais dos seus candidatos. Esse procedimento possibilita à instituição conhecer mais sobre as características daquele profissional, suas qualidades e dificuldades e as causas do desligamento com as empresas anteriores. Essa pesquisa é importante para saber se as informações apresentadas pelo candidato no seu currículo são verdadeiras ou não.

Essa busca por referências é importante, pois analisar como era a conduta do profissional em seus empregos anteriores irá lhe informar como será sua conduta na sua empresa. 

O que é importante perguntar para validar as referências profissionais

As referências profissionais são geralmente feitas através de contato direto com empresas, por e-mail ou por telefone. Na hora de fazer essa pesquisa, esteja atento ao que perguntar. Abaixo, daremos algumas dicas para te auxiliar nessa missão. 

1) Atividades realizadas

É importante perguntar ao ex-chefe do seu candidato por quais tarefas ele era responsável na empresa. Descubra as atividades que ele realizava e o seu cargo para entender se há ligação com o serviço que você deseja que ele realize. 

2) Relacionamento interpessoal e trabalho em equipe

Esse ponto é super importante, pois a maioria dos trabalhos profissionais envolvem a interação entre pessoas. Portanto, pergunte como era o relacionamento do funcionário com a gestão e com os demais colegas e se ele tinha facilidade em trabalhar em equipe. 

3) Erros de conduta 

Raramente o candidato à vaga irá contar de problemas envolvendo erros de conduta em que ele esteve envolvido. Sendo assim, será necessário conhecer seus antecedentes para saber se o funcionário apresenta complicações quanto à ética profissional. Isso é importante, pois muitos erros cometidos anteriormente poderão se repetir. 

4) Comprometimento com o emprego 

Mais do que ter conhecimento técnico, é fundamental ser comprometido com o emprego. Pessoas comprometidas irão procurar se atualizar a fim de desenvolver um serviço melhor. Diante desse fato, questione às empresas se o seu candidato tinha compromisso, cumprindo horários e metas, e se procurava sempre evoluir. 

5) Motivos do desligamento 

Investigue qual foi a causa do desligamento do profissional. Esse ponto é o que mais costuma haver mentiras. Entenda se o funcionário foi desligado por causa justa ou erros de conduta.

6) Boa comunicação 

Pergunte ao empregador anterior como era a comunicação do candidato. Saber se comunicar bem não é apenas saber falar, mas também ouvir. Portanto, procure saber se o profissional se comunicava bem com a liderança, com os colegas e com os clientes. Dessa forma, fofocas e outros problemas nessa área poderão ser evitados. 

Tenha cuidado ao buscar por referências profissionais

Por fim, compreenda que buscar por referências é um processo estritamente necessário na hora de contratar. Entretanto, você deve levar em conta que alguns ex-chefes e ex-colegas podem utilizar essa oportunidade para atrapalhar a carreira profissional do candidato. Investigue bem e tenha bom-senso na hora de fazer essa pesquisa. Procure também pelas redes sociais do funcionário, a fim de conhecer mais sobre sua personalidade. 

Leave a Reply